Visita ao túmulo de Araceli Cabrera Sánchez Crespo e à rua que morou Araceli (Celita)

Veja no final desta reportagem, em baixo, inédito, os dois processos sobre Araceli no Forum Criminal de Vitória-ES

Visitando sua rua, entendemos o caminho dela para a escola, a rua com 2 ou 3 casas e descendo e subindo o morro para a BR-101 onde passava o ônibus.

Sabemos que Dona Lola ainda se comunica com amigo no Brasil e ainda está no Bolívia e que o pai de Aracelli faleceu mas a data é incerta, há informações desencontradas, que o irmão dela foi para os Estados Unidos e que resta só uma amiga conhecida que ainda está lá no Bairro de Fátima em Serra-SP.

Nada como ver de perto, agora é possível entender o livro. (trecho escrito em 22 março 2016).

Na Avenida Dante Michellini, no Camburi, a repórter da TV Gazeta da Rede Globo nos informou que lá no jornal o repórter que cobriu o caso em 1973 guarda todos os recortes sobre o Caso Araceli e ainda trabalhava no jornal neste ano de 2010.

ENTRADA DO CEMITÉRIO DE SERRA-SEDE.

Eu e o Seo Gilcemar:

ANTES DE MAIS NADA, VAMOS DEIXAR CLARO 3 COISAS:


Tudo isto que se diz é falso: Todas as reportagens sobre Araceli dizem que: Tinha 9 anos, morava em Vitória-ES, e foi sepultada em Vitória-ES.

A Verdade verdadeira é:

O Bairro de Fátima fica em Serra-ES, ela tinha 8 anos e foi enterrada no Cemitério Municipal de Serra-Séde. Túmulo 1213.

ESTES TRÊS FATOS SÃO LÍQUIDOS E CERTOS porque:

1- Estivemos no túmulo em Serra-Séde. Antes telefonamos para o Cemitério Santo Antônio em Vitória, onde nos informaram que Araceli não estava enterrada lá.

2- As datas do túmulo deixam claro que é 8 anos.  NASCIMENTO: 2 de julho de 1964, MORTE em 18 de maio de 1973, ainda com 8 anos de idade, portanto. (veja no video abaixo o túmulo e as datas).

3- O site dos correios registra Serra-ES: (está com E no correio: rua ARACELE CABRERA CRESPO).  www.correios.com.br

E confirmamos com moradores do bairro de Fátima, que este é em Serra-ES.

====

É importante saber que:

Nos livros do cemitério de Serra-Séde, na página sobre o túmulo de  Araceli, não há nenhuma data. Não sabemos o dia exato que foi enterrada, em 1976 ou em 1977.

=

LEIA AQUI NOSSA VISITA À CASA DE ARACELI, na RUA que HOJE TEM SEU NOME, a antiga Rua São Paulo:

https://tremvitoriabh.wordpress.com/2010/11/16/visita-a-casa-e-tumulo-de-araceli-cabrera-sanchez-crespo/

=

CELITA E RADAR

==

Veja também a Rua Araceli Cabrera Crespo:

https://tremvitoriabh.wordpress.com/2010/11/16/visita-a-casa-e-tumulo-de-araceli-cabrera-sanchez-crespo/

===

=

As reportagens dando conta que Dona Lola teria saído do Brasil em 1981 não puderam ser confirmadas. Os conhecidos dela negaram esta data. Dizem que foi bem depois de 1981.

Quanto ao pai de Araceli, a nota dando conta que faleceu em 2001 e outros em 2004.

video bom com muitas fotos:

==

Visita ao túmulo de Araceli: 

Foi o terceiro cemitério que visitamos.

Serra-ES tem três cemitérios. Visitamos primeiro o Cemitério de Carapina, depois o de  Cemitério de São Domingos, e só no terceiro a encontramos.

Bem: se tivessem nos informado corretamente, teriamos perdido uma série de coisas, pessoas  e lugares que conhecemos visitando os dois primeiros.

Eu e seo Adir

É o túmulo número 1.213, no Cemitério SERRA-SÉDE.  Este cemitério fica atrás da Igreja Católica Matriz de Serra-ES.  Os funcionários do Cemitério sabem certinho onde é o túmulo 1213.

Veja o video do Túmulo 1213: Eu digo, no vídeo, Serra-centro, mas é SERRA-SEDE.

Agradecimento imenso ao Seo Adir e ao Seo Gilcimar.

Da entrada do Cemitério fica à direita, descendo-se  3o metros.

Este slideshow necessita de JavaScript.

VEJA ABAIXO OS PROCESSOS DE ARACELI NO FORUM DE VITÓRIA-ES

O CASO ARACELI  FOI REABERTO EM 2014

Processo: 1012641-06.1998.8.08.0024 Petição Inicial: 199190165115 Situação: Tramitando
Vara: VITÓRIA – 3ª VARA CRIMINAL
Data da Distribuição: 05/08/1998 00:00 Motivo da Distribuição: Migração
Ação: CRIME ARTS 235 249 Natureza: Criminal Data de Ajuizamento: 05/08/1998
Valor da Causa: R$ 0
Assunto principal: DIREITO PENAL

Partes do Processo

Requerente

A JUSTICA PUBLICA

NÃO INFORMADO – 9/ES
ARACELI CABRERA SANZES

Requerido

DANTE BRITO MICHELINI

JUNO DE OLIVEIRA AVILA – 2317/ES
NÃO INFORMADO – 9/ES
DANTE DE BARROS MICHELINI
PAULO CONSTANTEEN HELAL

Réu

DANTE BRITO MICHELINI

NÃO INFORMADO – 9/ES
JUNO DE OLIVEIRA AVILA – 2317/ES

Andamentos do Processo

17/12/2015
Petição recebida
201501744655
17/12/2015
Protocolizada Petição
201501744655 Petição (outras)
16/12/2015
Publicado ato ordinatório em 17/12/2015.
16/12/2015
Disponibilizado(a) ato ordinatório no Diário da Justiça Eletrônico
Lista do Diário nº 0063/2015.
15/12/2015
Imprensa preparada
Lista do Diário nº 0063/2015
28/08/2015
Petição recebida no cartório
201501224186
28/08/2015
Petição Protocolada
201501224186 Petição (outras)
04/03/2015
Petição recebida no cartório
201500267811 VITÓRIA – 3ª VARA CRIMINAL
03/03/2015
Petição Protocolada
201500267811 Petição (outras)
01/09/2014
Autos carga advogado
DRA. JUNO ÁVILA, OAB/ES 2317
01/09/2014
Processo reativado
08/08/2014
Petição recebida no cartório
201401027162 VITÓRIA – 3ª VARA CRIMINAL
07/08/2014
Petição Protocolada
201401027162 Desarquivamento
ESTE É O PRINCIPAL PROCESSO CRIME DE ARACELI COMO VITIMA.NA EPOCA, 1973.

Os ARTIGOs  235 E 249 ERAM ASSIM:

Art. 235. Bigamia: Contrair alguem, sendo casado, novo casamento:Pena – reclusão, de dois a seis anos.

§ 1° Aquele que, não sendo casado, contrái casamento com pessoa casada, conhecendo essa circunstância, é punido com reclusão ou detenção, de um a três anos.

§ 2º Anulado por qualquer motivo o primeiro casamento, ou o outro por motivo que não a bigamia, considera-se inexistente o crime.

Subtração de incapazes:

Art. 249. Subtrair menor de dezoito anos ou interdito ao poder de quem o tem sob sua guarda em virtude de lei ou de ordem judicial: 

Pena – detenção, de dois meses a dois anos, se o fato não constitue elemento de outro crime. 

Processo : 024.91.003198-8 Petição Inicial : 199190165115 Situação : Baixado
Ação : CRIME ARTS 235 249  Natureza : Criminal Data de Ajuizamento: 05/08/1998
Vara : VITÓRIA – 3ª VARA CRIMINAL
Distribuição
Data : 05/08/1998 00:00 Motivo : Migração
Partes do Processo
Requerente
A JUSTICA PUBLICA
9/ES – NAO INFORMADO
ARACELI CABRERA SANZES
Requerido
DANTE BRITO MICHELINI
9/ES – NAO INFORMADO
DANTE DE BARROS MICHELINI
PAULO CONSTANTEEN HELAL
Andamentos
25/06/2008     Processo baixado    PROCESSO RECEBIDO PARA DAR ANDAMENTO: PROCESSO ANTIGO ORIUNDO DA MIGRAÇÃO DO SISTEMA EJUD.
25/06/2008     Autos recebidos em cartório VITÓRIA – 3ª VARA CRIMINAL
25/03/1993     AUTOS VISTA DEFENSOR
12/02/1993     AUTOS DEVOLV MP C PAR RAZOES
12/02/1993     AUTOS VISTA REU
10/02/1993     AUTOS CARGA MP
04/02/1993     AR DEVOLVIDO CUMPRIDO
10/12/1991     MANDADO DEVOLVIDO
10/12/1991     AUTOS REMETIDOS TRIB JUSTICA
04/11/1991     MANDADO ENTREGUE OFICIAL
04/07/1991     CADASTRAMENTO EFETUADO EM

=

ESTE É O PROCESSO DOS SUMIÇO DAS PROVAS: CRIME PRATICADO POR FUNCIONÁRIO PÚBLICO.

ARTIGO 312 DO CODIGO PENAL BRASILEIRO:

Peculato

Art. 312 –

Apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio:

Pena – reclusão, de 2 (dois) a 12 (doze) anos, e multa.

=

Artigo 327:

Art. 327 – Considera-se funcionário público, para os efeitos penais, quem, embora transitoriamente ou sem remuneração, exerce cargo, emprego ou função pública.

Processo : 024.92.002914-7 Petição Inicial : 199290198335 Situação : Baixado
Ação : CRIME ARTS 312 327  Natureza : Criminal Data de Ajuizamento: 05/08/1998
Vara : VITÓRIA – 3ª VARA CRIMINAL
Distribuição
Data : 05/08/1998 00:00 Motivo : Migração
Partes do Processo
Requerente
A JUSTICA PUBLICA
9/ES – NAO INFORMADO
ARACELI CABRERA SANCHES
Requerido
ALEXANDRINO ALVES
9/ES – NAO INFORMADO
ELSON JOSE DOS SANTOS
HERMES FERREIRA DA SILVA
MANOEL NUNES DE ARAUJO
Andamentos
23/06/2008     Processo baixado    PROCESSO ANTIGO, ORIUNDO DA MIGRAÇÃO DO SISTEMA ANTERIOR, EJUD
18/02/1994     AUTOS DEVOLV MP C PAR RAZOES
18/02/1994     MANDADO EXPECA SE
26/01/1994     AUTOS CONCLUSOS P SENTENCA
26/01/1994     SENTENCA EXTINTA PUNIBILIDADE
26/01/1994     AUTOS CARGA MP
27/12/1993     AUTOS DEVOLV MP C PAR RAZOES
27/12/1993     AR DEVOLVIDO CUMPRIDO
14/01/1993     AUTOS CARGA MP
05/03/1992     DILIGENCIA AG CUMPRIMENTO
05/03/1992     AR DEVOLVIDO CUMPRIDO
19/02/1992     CADASTRAMENTO EFETUADO EM
Anúncios

Sobre GENEALOGIA, Familias, SILVA OLIVEIRA, Faleiros, Leme, UBERABA-MG, FRANCA-SP, MADRINHA DA SERRA, Três Ilhoas

busca de certidões, imigração, visto, nacionalidade, origem genealogia de Famílias dos Açores, da Ilha da Madeira e do Norte de Portugal famílias de Minas Gerais e de São Paulo no Brasil - Leme, Faleiros, Silva Diniz, Silva e Oliveira, Carrilho de Castro, Valim de Melo, as Três Ilhoas, e, Bandeirantes
Esse post foi publicado em araceli, slideshow. Bookmark o link permanente.

18 respostas para Visita ao túmulo de Araceli Cabrera Sánchez Crespo e à rua que morou Araceli (Celita)

  1. Kelly Prado disse:

    Eu estou lendo o livro’Aracelli,Meu Amor’,e é muito triste saber que no brasil não se tem justiça e que existe monstros com eles que tem coragem de fazer é mostrosidade com uma criança,um anjinho como Aracelli e muitas outras e não serem punidos!=/

  2. jaugusto disse:

    E DESGRAÇA MAIS TENHO CERTEZA QUE ELES E ELAS VÃO PAGAR E JÁ ESTA PAGANDO MAIS NA MINHA OPINIÃO PARA ME PRIMEIRA A IR PRA CADEIA ERA A MÃE DA MENINA UMA VAGABUNDA MALDITA SE ESTIVE CER EM OUTRO PAIS COM CERTEZA ERA TERIA PENA DE MORTE AMAIS TENHO CERTEZA QUE VAI PAGA A SI VAI

  3. fernando lopes do nascimento disse:

    É uma vergonha,saber que ainda não mudou nada,38 anos se passou e alei é a mesma vergonha,mas eu acredito q a morte desse anjo não foi em vão,quiseram tanto dar um fim nela q sua morte ficou registrada como dia nacional de combate a pedofilia.

  4. CLAUDIO ELITO MAGLHÃES NEVES disse:

    Esses crimes faz entender que no Brasil qualquer tipo de crime(mesmo montruosos como o caso Aracelli) compensa.eu defendo pena de morte lenta dolorosa e prisão perpetuoa com trabalhos forçados diariamente para esses vagabundos e filhos da puta.Já era tempo pra as nossas léis penaís nacionais trem mudado

    • Victor Tales Assunção disse:

      Eu moro em Vitória/ES. Por incrível que pareça, até hoje o assunto é tabu. Algumas pessoas dizem que nem ouviram falar nesse crime… Os assassinos eram playboys, viviam da riqueza dos pais. Mandavam na cidade. Tem até avenida com nomes dos pais deles.

  5. Giulia disse:

    E então, uma criança é barbaramente assassinada e fica por isto mesmo? Nada vai acontecer com os responsáveis? A morte desta menina não poderia ter sido banalizada. Ainda está em tempo de se fazer justiça.

  6. maria do Rozário de Almeida disse:

    Eu era uma criança quando meus pais me proibiram de estar sozinha no nosso quintal. Eu não sabia porque, mas um dia ví minha mãe chorando……. meu pai disse: “se fosse minha filha estes Helal e Michelini já tinham sofrido o que esta menina Araceli sofreu…. mas tudo que sei é que eles nunca foram punidos pela tragédia ……. mas Deus está vendo tudo!

  7. luciana disse:

    Nossa que historia triste A punicao divina nuca falha……..
    Eles podem ter escapado da punicao do homem mais a de Deu nunca. Hj dia 01-07-13, amanha seria aniversario dela. Hj um anjinho.

  8. EDINALVA disse:

    descanse em paz na luz do Senhor JESUS Araceli. GOSTARIA DE SABER COMO FUNCIONA A CONSCIÊNCIA DE UM JUIZ DESTES ….

  9. No dia 18 de maio de 1973, Araceli desapareceu e depois de alguns dias, acharam seu corpo(mesmo irreconhecível) nas matas do hospital Infantil. Começaram as investigações para descobrir quem foio real culpado por tamanha brutalidade. Vou aqui narrar uns fatos que, naquela época, como jornalista, fiquei sabendo por trás dosbastidores. O pai de Paulo Helal era um comerciante bem sucedido na cidade de Vitória, tinha uma loja de departamentos, e também era provedor da Santa Casa de Misericórdia de Vitória ( ficou no cargo por 15 anos)e foi o fundador da Emescam ( Escola de Medicina da Santa Casa de Misericórdia).Pelo que descobri como jornalista existiu um processo onde falava-se que quem matara Araceli foi a patota dada Praia do Canto que tinha como integrantes principais Antenorzinho Guimaraes e Fortunato Piccin conhecidosos maconheiros da Praia do Canto. O Pai de Fortunato Piccin chamava-se Constantino, o mesmo nome do paide Paulo Helal. Naquela época, o diretor da Emescam era uma pessoa de nome Aloisio, que fora colocado nocargo pelo pai de Paulo Helal, que era o provedor da Santa Casa, na quel, a Emescam era subordinada. Fiqueisabendo através de conhecidos que este senhor Aloisio fundou uma associação particular para passar a Emescam para esta associação da qual ele era o principal dono, uma pessoa que trabalhava na Emescam tomou conhecimento desses fatos e levou ao conhecimento do Constantino Helal, que na época era o provedor da Santa casa. Ao tomar conhecimento do ocorrido o pai de Paulo Helal exonerou o Sr. Aloisio do cargo de diretor da Emescam, ao mesmo tempo em que o processou na Polícia Federal por tentar transferir a Emescam para ele( roubar), graças a essa ação a Emescam até hoje pertence a Santa Casa. Bem, agora vou explicar porque estou falando essas coisas, o Diretor da Emescam, Sr. Aloisiomorava na ilha da fumaça, que era propriedade dos Guimaraes, e ele, (Aloisio ) era casado com uma senhora da família Guimaraes. Pelo que soube desse processo a mãe de Araceli teria mandado sua filha levar drogas paravender lá na ilha da fumaça para Antenorzinho Guimaraes e Fortunato Piccin, que estavam na ilha. Pelo processo, quando Araceli foi entregar a droga para eles, aconteceu o pior, Araceli caiunas mãos deles, pois estavam todos drogados ( estavam com mais amigos) e fizeram o que todos já sabem.Quando deram pelo que tinha acontecido tentaram levar Araceli para o hospita Infantil, entrando pelas matasque da acesso ao hospital. Como ela morreu no caminho, tentaram desfigurar seu corpo, jogando ácido em cima para que nimguém a reconhecesse. Quando o Sr. Aloísio soube do ocorrido foi pedir explicações ao seu sobrinho AntenorzinhoGuimarães do que teria ocorrido no que Antenorzinho lhe disse que quem fizera aquilo foi o filho do Constantino. Aloísio, muito esperto, tratou de espalhar pela cidade que quem fizera aquilo foi o filho de Constantino para se vingar do pai de Paulo Helal, por não ter deixado que ele roubasse a Emescam. Naquela época, Vitória era uma cidade pequena onde o pai de Paulo Helal por ser um comerciante com a maior loja da cidade, praticamente todos o conheciam, ao contrário do Sr. Constantino Piccin (pai de Fortunato Piccin) que por não ter negocio com o público, quae ninguem o conhecia. Dai a cidadepassou a falar sobre o caso, os jornais, televisão e outros meios de comunicação, dizendo ser o filho de Constantino Helal quem fizera aquilo, quando na verdade foi o filho de Constantino Piccin, o responsávelpor tamanha brutalidade. O Dante Michelini entrou nisto, porque era amigo do delegado na época do caso e estavana sala de espera para falar com o delegado para ajudar nas investigações, inclusive oferecendo carro paradiligências e outras coisas ( naquela época as delegacias tinham poucos recursos) e foi ai que os jornalistasviram o Dante Michelini na sala de espera da delegaçia e no dia seguinte noticiavam que ele era um dos culpados pela morte de Araceli. Quero deixar claro aqui que não conheço nenhuma das famílias citadas, simplemente digo isso para que a Verdade prevaleça, pois a injustiça é o maior dos crimes.

    • GENEALOGIA SILVA OLIVEIRA Faleiros, Leme, UBERABA-MG FRANCA-SP MADRINHA DA SERRA disse:

      o caso foi reaberto. alguem que tem oab abra o processo e nos conte o porquê. o numero do processo está neste site.

    • esta versao é surpreendente mesmo,eu nao tinha ouvido ainda.

    • IGREJA PRIMITIVA ULTIMOS DIAS disse:

      JORGE
      Como você é canalha, vendido jornalista de merda. O Michelini mandou matar o Nato porque el foi doente na orgia onde mataram Aracelli e viu tudo, ia contar o pai dele sem saber de nada internou o cara na santa casa onde ele foi morto com uma dose de valium 10, um ano depois quando se provou que ele não tinha nada ha ver, admitiu-s erro médico. A princípio a festinha no edifício apolo tinha perto de dez participante e Aracelli estava amarrada em meio a orgias, os convidados foram dispensados para que não houvesse testemunhas, Paulo Helal e Dante filho, deram uma doze alta de LSD a ela que entrou em choque porque era alérgica. Aracelli nasceu no Bom Retira em São Paulo e com meses a família foi morar em Cubarão mas tiveram que se mudar a conselho médico porque ela tinha alergia muito forte, foram para vitória onde seu pai Gabriel Sanches conseguiu emprego no porto. Já havia sete anos que eles estavam lá e o Sr. Gabriel já tinha comprado dois apartamentos, dois terrenos em vitória e dois terrenos em São Paulo. Em um dos terrenos na Antiga rua São Paulo e Fátima ele construiu uma casa e foi morar lá pois era mais perto do seu trabalho e a vagabunda da Lola mão de Aracelli não queria morar em apartamento. Fazia seis meses que eles foram moram casa quando dona Lola que já traia o marido com Jorge Michelini e já havia levado Araceli na casa dele onde ele cresceu os olhos na menina que era muito bonita, em um caderno de Aracelli existem desenhos que mostram o interior da casa dele e uma frase escrita por ela, “Eu queria ser moça” moça era o apelido de uma drogada prostituta de 17 anos que era amante de Paulo Helal e que ajudou a sequestrar Aracelli. Ela teve uma forte reação alérgica as drogas e entrou em coma, eles a levaram a mesma santa casa, onde trabalhava a mãe de moça que a rejeitou, então Paulo a colocou em seu mustang branco afim de levala de volta e a estuprou dentro do carro canibalizando seus seus, vagina e nádegas. Retornou para o apartamento já sem a Marizlei, a moça, e Dante e Paulo pediram ajuda ao tio e ao pai, quando chegaram tentaram matar a menina espancando-a, a colocaram novamente no basnco do mustang e jogaram ela em uma lata de lixo ainda viva perto do aeroporto mas tiveram que pega-la de volta porque alguns garotos de moto viram, então a colocaram em uma geladeira até que o funcionário de Dante pai de novo da santa casa, o cara que manuseava cadáveres foi ao edifício apolo onde estava o corpo e queimou com ácido. Após a modificação proposital da arcada dentária, Dante filho e Paulo Helal levaram o corpo para o matagal atrás do hospital infantil onde foram vistos em todo o ato pelo rapaz que consertava fogão e parou ali para mijar. Você não é repórter e nem tampouco esteve lá, você é mais um que se vendeu a maldita família Micheline e Helal, você

  10. O brasil é uma vergonha,mas da justiça de Deus ninguem escapa,o inferno vao queimar pra sempre e ela no ceu pra sempre com Jesus.

  11. IGREJA PRIMITIVA ULTIMOS DIAS disse:

    JORGE
    O Michelini mandou matar o Nato porque el foi doente na orgia onde mataram Aracelli e viu tudo, ia contar o pai dele sem saber de nada internou o cara na santa casa onde ele foi morto com uma dose de valium 10, um ano depois quando se provou que ele não tinha nada ha ver, admitiu-s erro médico. A princípio a festinha no edifício apolo tinha perto de dez participante e Aracelli estava amarrada em meio a orgias, os convidados foram dispensados para que não houvesse testemunhas, Paulo Helal e Dante filho, deram uma doze alta de LSD a ela que entrou em choque porque era alérgica. Aracelli nasceu no Bom Retira em São Paulo e com meses a família foi morar em Cubarão mas tiveram que se mudar a conselho médico porque ela tinha alergia muito forte, foram para vitória onde seu pai Gabriel Sanches conseguiu emprego no porto. Já havia sete anos que eles estavam lá e o Sr. Gabriel já tinha comprado dois apartamentos, dois terrenos em vitória e dois terrenos em São Paulo. Em um dos terrenos na Antiga rua São Paulo e Fátima ele construiu uma casa e foi morar lá pois era mais perto do seu trabalho e a vagabunda da Lola mão de Aracelli não queria morar em apartamento. Fazia seis meses que eles foram moram casa quando dona Lola que já traia o marido com Jorge Michelini e já havia levado Araceli na casa dele onde ele cresceu os olhos na menina que era muito bonita, em um caderno de Aracelli existem desenhos que mostram o interior da casa dele e uma frase escrita por ela, “Eu queria ser moça” moça era o apelido de uma drogada prostituta de 17 anos que era amante de Paulo Helal e que ajudou a sequestrar Aracelli. Ela teve uma forte reação alérgica as drogas e entrou em coma, eles a levaram a mesma santa casa, onde trabalhava a mãe de moça que a rejeitou, então Paulo a colocou em seu mustang branco afim de levala de volta e a estuprou dentro do carro canibalizando seus seus, vagina e nádegas. Retornou para o apartamento já sem a Marizlei, a moça, e Dante e Paulo pediram ajuda ao tio e ao pai, quando chegaram tentaram matar a menina espancando-a, a colocaram novamente no basnco do mustang e jogaram ela em uma lata de lixo ainda viva perto do aeroporto mas tiveram que pega-la de volta porque alguns garotos de moto viram, então a colocaram em uma geladeira até que o funcionário de Dante pai de novo da santa casa, o cara que manuseava cadáveres foi ao edifício apolo onde estava o corpo e queimou com ácido. Após a modificação proposital da arcada dentária, Dante filho e Paulo Helal levaram o corpo para o matagal atrás do hospital infantil onde foram vistos em todo o ato pelo rapaz que consertava fogão e parou ali para mijar.

  12. IGREJA PRIMITIVA ULTIMOS DIAS disse:

    Brasil de Fato – O que significam esses 40 anos de impunidade no caso Araceli?
    José Louzeiro –” É, rico não vai preso. Em seu livro Aracelli, meu amor, relançado neste ano, você explica que Dante Michelini Jr., o Dantinho, e Paulo Helal, o Paulinho, assassinaram Araceli, em uma festinha violenta do pessoal da motoca. As famílias Helal e Michelini eram traficantes de drogas? Sim, elas eram donas do tráfico, da polícia, dos ônibus, dos aviões, do campo, da cidade, tudo. Como você conseguiu fazer uma investigação tão minuciosa, chegando a tantas fontes para a elucidação do caso Araceli? Eu passei uns dois anos colhendo material, devo ter ido umas 50 vezes escondido para Vitória. Eu fiz essa investigação com a ajuda do perito Asdrúbal de Lima Cabral, o Dudu, o repórter Jorge Elias, do jornal Última Hora e a fotógrafa, Ednalva Tavares, minha mulher na época. Ao invés de ouvir as fontes oficiais, você procurou ouvir as pessoas do povo, nas ruas, na periferia de Vitória, na barbearia, na mercearia, no bar, porque eles tinham as informações que a polícia e os militares escondiam? Eu nunca acreditei nas fontes oficiais. Sempre desconfiei. Eu ouvia todos nas ruas, porque eles sabiam o que estava acontecendo. Você ouviu a cozinheira, a enfermeira, o motorista, a prostituta… É, o funcionário do bar onde a menina foi metida na geladeira… Você foi descobrindo as testemunhas silenciadas, como a namorada do Jorge Helal, a Marislei, e o motorista? Sim, mas depois eles foram matando as testemunhas, como o Homero Dias, que trabalhava no serviço secreto da Polícia Militar, enviado para investigar o assassinato, e mataram também a namorada do Homero, que não tinha nada a ver com a história. Então, mesmo sob a perseguição dos Michelini e Helal, você conseguiu as fontes para reconstituir o crime e apontar os assassinos, em Aracelli, meu amor? O livro – eu tenho muito orgulho disso – é uma reportagem. Eu sempre tive a necessidade, não sei por quê, de me comprometer com a verdade, doa a quem doer, até a mim mesmo. Porque até perdi o emprego por causa disso. Então, cheguei aqui, nos primeiros 80 anos e no que puder ajudar para a memória de Araceli, pode contar comigo. Agora, eu vou lutar muito e peço a ajuda de vocês para fazermos o longa-metragem sobre o caso Aracelli e gostaria que fosse com o diretor Sérgio Rezende. Na opinião do jurista Hélio Bicudo, embora já prescrito, o processo do caso Araceli poderia ser reaberto como crime hediondo. Você concorda com Bicudo? Sim. Eu me coloco à disposição para dizer o que for possível em defesa dessa menina que passou por nós e foi tão cruelmente sacrificada. Ela foi morta a dentadas, por cachorros com formato de ser humano. O governo Dilma deveria exigir a punição dos assassinos da brasileirinha símbolo do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes? Eu acho que o poder fez a nossa presidenta esquecer as torturas que ela sofreu. Eu imagino o que ela sofreu. Porque o lema da casa era o seguinte: entram agoniando e saem agoniados, num caixão, nem caixão… Então, a justiça para a menina Araceli envolve a coragem de mexer no passado da ditadura, coisa que a Comissão da Verdade ainda não conseguiu? Nós vivemos num país que tem dois donos: os ricos e os milicos. ” https://www.jornaldonassif.com.br/page/noticia/voce-sabe-porque-18-de-maio-e-dia-nacional-de-combate-ao-abuso-e-exploracao-sexual-de-criancas-e-a

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s